A vingança da ex-gordinha

louisa 1

Uma noticia que ganhou força nas mídias e jornais nos últimos dias foi a história de Louisa, uma inglesa de 22 anos que anos depois de sofrer bullying na escola por causa de seu peso, deu a volta por cima e conseguiu vingar-se de de um de seus perseguidores. Quando estudante do secundário a garota foi perseguida e azucrinada enquanto a chamavam de besta humana. Felizmente ela sobreviveu a tortura diária na escola e se transformou em uma bela mulher. Alguns anos depois quando na faculdade um de seus antigos perseguidores se encantou por ela e resolveu se aproximar. Marcaram um jantar qual não foi a surpresa do rapaz ao chegar ao restaurante e encontrar somente uma carta da moça e com uma foto de sua época de escola. É o velho ditado, quem bate esquece, que apanha…

Há uma felicidade em meu rosto ao ler tal noticia, pois penso nas inúmeras garotas, ou mesmo garotos que foram perseguidos na escola e vitimados para sempre, muitas vezes por não se recuperarem daqueles tempos traumáticos e outros por cometerem suicídio.  Ampliando a visão para a questão feminina onde a beleza era e continua sendo um objeto de importância ímpar na vida essa garota poderia não estar viva para contar história. Recorde de várias reportagens, onde garotas após não suportar o peso de anos de perseguição preferiram tirar a própria vida. Exagero para os perseguidores, um peso insuportável para os perseguidos. Outro dia reportamos aqui uma carta que lemos em Lugar de mulher e produzimos uma critica em Não seja responsável pela tristeza de outra pessoa. Louisa teve forças, uma força incrível que permitiu fazer algo quanto ao que lhe aconteceu anos atrás, mas nem todas tem um oportunidade de fazê-lo e mais ainda muitos não tem a força necessária para tal. sem mais e com aplausos a Louisa deixamos a carta e sua tradução. Esperamos ver mais histórias como estas do que aquelas com triste fim as quais acontecem em silêncio pelo mundo.

louisaOlá desculpe por não jantar com você esta noite. Lembra-se quando eu era gorda e você tirava sarro de mim ? não? Eu me lembro. Eu passei os três anos seguintes comendo menos que uma maçã por dia. Então decidi pular o jantar. Lembra da minha monocelha que você zoava? As pernas peludas que você achava nojentas? Lembra como todos os dias por três anos, você e seus amigos me chamavam de besta humana? Talvez você não se lembre. Ou você não olharia para mim 8 anos depois e me achado comível o suficiente para me tratar como um ser humano. Pensei em te mandar isto como lembrete. Quando pensar em mim, pense na garota da foto. Porque foi ela que te deu um bolo

Então é isto por hora, comete abaixo, compartilhe com as amigas curta nosso Facebook siga nosso Twitter e lembre-se que este é um canal aberto a todas as mulheres para reclamar, exigir e o que mais achar conveniente.

Facebook Comments

Você pode gostar

compartilhe
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta