Caso Frota contra Eleonora Menicucci

Eleonora Menicucci (ex-misnistra) foi condenada a pagar 10 mil reais por danos morais ao ator Marcos Frota, pela critica feita ao ator em 2016. A sentença que foi dada pela juiza a Juliana Nobre Correia e sai poucos dias após um novo caso de estupro coletivo.  A acusação da ministra se deu pelo relato de  Marcos Frota no Agora é tarde com Rafinha Bastos. 

O caso que tem muitas características questionáveis e indícios de relação carnal não consensual (para mim claramente um estupro). É interessante observar como tudo o que foi dito pelo ator é tratado com certa naturalidade, como ser fosse um caso cômico. Tirando muitas risadas do apresentador e plateia que o aplaudem.  Visto o vídeo de Frota digo que sua história não é nem um pouco heróica, como ele a propõe.  Em um certo memento que ele diz:

…Deixa eu te falar uma parada, eu não acredito nestas paradas que você faz e coisa e tal… porra mais eu queria te dar uns pega… ai ela não falou nada eu virei ela e botei a mãe de santo de quatro… eu fiz tanta pressão na nunca dela que ela dormiu, ela apagou…

Eu particularmente não consigo separar a historia de um estupro afinal silêncio não é consenso. A atitude de Frota trás a ideia clara de que as mulher estava ali para serví-lo sexualmente. Não muito diferente de um chefe que esquece as qualidades de uma funcionária para vê-la como conquista sexual.  O que reforça a ideia de uma cultura do estupro. É preciso que estas ideias, essas atitudes, não sejam aceitas. Precisamos do fim da cultura do estupro.

Facebook Comments

Você pode gostar

compartilhe
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta