Como usar a moda vintage ao seu favor

Que a moda vintage é fantástica, todos sabemos. Mas nem sempre é fácil saber contextualizá-la no tempo atual. É preciso ter bom senso! Veja algumas dicas de como combinar peças vintage com outras de seu guarda-roupa!

Muitas pessoas que gostam de moda buscam em outras épocas inspirações para as suas produções, para se diferenciar em termo de roupas e algo que transmita um pouco de suas personalidades. Assim é o vintage: aquela peça icônica que nunca sai de moda, mas que deve ser contextualizada aos nossos dias, para não ficar parecendo uma fantasia.

vintage

Toda peça de roupa conta uma história

É com esta justificativa que as pessoas buscam no vintage uma forma de se diferenciarem. Vejamos alguns exemplos: aquela jaqueta com forro de onça na gola bem ao estilo rock glam dos anos 1980, aquela saia superlonga dos anos 1960 que deixa você mais alta ou aquela blusa sessentinha de renda que a sua avó usava e que agora fica um must com um jeans e peep toes.

De olho no seu estilo pessoal

O vintage tem a ver com a sua personalidade e o estilo pessoal. Ou seja, é preciso compreender a sua peça e estabelecer um sentido com a moda atual. Não é porque uma peça é clássica que ela combina com você. Este é um dos critérios para escolher uma peça vintage: deixe o apego de lado – se não fica bem, não use.

vintage

O mesmo vale para o seu corpo: se a peça justa ou larga demais não lhe favorece, deixe de lado. Aquela blusinha cropped de lurex dos anos 1990 não ficará bem se as gordurinhas estão presentes no abdômen. Em compensação, há uma infinidade de outros modelos que ficarão fantásticos. É preciso conhecer o seu corpo.

vintage

Como adquirir peças vintage lindíssimas

Em geral, as peças de brechó são vintage, ou melhor, é lá que você peças de época. Outra dica é vasculhar o guarda-roupa de outras pessoas, com a permissão destas, é claro. Se a sua tia querida vai fazer (finalmente) uma faxina no armário, fique de olho em peças que ela não irá mais querer.

vintage

Há lojas fashionistas que trabalham com uma linha mais vintage e nos lançamentos atuais, e você pode adquirir peças novas com cara de vintage. Você pode ainda fazer a sua peça ou customizar uma peça que há décadas está esquecida no seu guarda-roupa.

Saiba incorporar o vintage

Com este artigo não queremos que você viva em negação de sua própria época. É preciso viver tudo aquilo que a moda tem de bom hoje. Mas as peças vintage podem enriquecer o seu visual, valorizar o seu corpo e expressar melhor a sua personalidade – além disso, dificilmente outra pessoa terá um look parecido com o seu.

vintage

Imagens: Pinterest.

Que tipo de peça vintage não pode faltar em seu guarda-roupa? Deixe o seu comentário logo abaixo!

Facebook Comments

Você pode gostar

compartilhe
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta