Veja algumas animações com foco na represetação feminina!

Veja algumas animações com foco na represetação feminina!

Olá leitoras hoje resolvi trazer para vocês 3 animações que encontrei na internet. Cada um delas mostra mulheres em pontos completamente diferentes.Acho interessante observar que a visão e  a representatividade da mulher em cada uma delas.  (mais…)

Você pode gostar

A Bela e a fera,  a nova adaptação para os cinemas

A Bela e a fera, a nova adaptação para os cinemas

Em tempos onde o cinema tem dado cada vez mais espaço as mulheres em papeis de aventura A Disney traz de volta uma produção que restaura o encanto e a magia de suas princesas sem quebrar o conceito de que as mulheres detêm o seu destino. (mais…)

Você pode gostar

Desaparecida: Resenha do livro.

Desaparecida: Resenha do livro.

E se todos que você ama achassem que você morreu? E se você não tivesse mais casa, nem emprego? E se tivesse a chance de começar de novo? Do zero? Como se tivesse renascido? O que você faria? (mais…)

Você pode gostar

Águas rasas- Uma boa volta aos filmes de Tubarão

Águas rasas- Uma boa volta aos filmes de Tubarão

Filmes de tubarão não são novidade. Desde Tubarão, de 1975 muitos filmes sobre estes predadores do mar foram produzidos. 41 anos depois voltamos as águas para acompanhar mais um obstinado tubarão branco, mas desta vez sua presa não é alguém carrancudo como Roy Scheider, mas a doce e bela Blake Lively. (mais…)

Você pode gostar

Nada será como antes – Crítica

Nada será como antes – Crítica

A montagem da rede Globo nada será como antes se passa na década de 50 e conta o inicio da TV no Brasil aqui sobre a egide da TV Guanabara. Claro toda a peripécia de montagem e do inicio de funcionamento da emissora é apenas uma desculpa. (mais…)

Você pode gostar

Como eu era antes de você – comentário

Como eu era antes de você – comentário

Acabado de Assistir ao filme, Como eu era antes de você (Me before you) , entramos em debate sobre as possibilidades do filme. Se você não assistiu aconselho que assista pois aqui haverá Spoilers. Baseado no livro de Jojo Moyes e com direção de Thea Sharrock, o filme conta a história de Louisa Clark (Emile Clarke) uma jovem de 26 anos contratada para ser acompanhante de Will Trainor (Sam Claflin) um homem de 31 anos, que após sofrer um acidente, fica tetraplégico. (mais…)

Você pode gostar