Quando você pensar em Cersei Lanister você em uma mulher poderosa, vingativa, cruel, mas não que ela poderia ser pressionada por alguém. Pois contrariando sua personagem a Atriz Lena Headey passou por momentos  absurdamente desagradáveis, ao ser assediada pelo produtor Harvey Weinstein.

Nas ultimas semanas explodiu na mídia vários casos  de assédio os quais varias atrizes sofreram por anos, nas mão do produtor Harvey Weinstein. No caso Lena os assédios aconteceram em duas oportunidades, mas apenas agora a atriz resolveu falar sobre o assunto. Ela foi impulsionada pela explosão nas últimas semanas do escanda-lo envolvendo o produtor Harvey Weinstein da Miramar, que anos assediou muitas das grandes atrizes de Hollywoody .  Para quem não esta ciente o produtor foi acusado por diversas atrizes, diretoras,produtoras, roteiristas de assédio e até mesmo um caso de estupro. Em sua listas além da atriz Lena Headey, temos Gwyneth Paldron, Agelina Jolie, Cara Delevingne, Lea Seydoux, Rosanna Arquette, Mira Sorvino na foto abaixo.

 

Lena Headey usou seu Twitter para externar sua indignação e expor o que lhe aconteceu. Segue as imagens retiradas do próprio twitter da atriz e logo abaixo a tradução.

 

Headey revela que na primeira vez havia sido vítima de bullying de Gilliam no set do filme e que durante a festa de lançamento da produção em Veneza foi convidada por Weinstein para passear em uma praia ao seu lado. “Fomos juntos e em um momento ele parou, fez um comentário e um gesto sugestivo, eu apenas ri, genuinamente chocada, lembro de pensar que aquilo era uma piada. Lembro de dizer algo como ‘sério, cara? seria como beijar o meu pai!’”, relatou a atriz. Ela disse que os dois retornaram para o evento e que ela nunca voltou a participar de nenhum outro filme da Miramax, empresa de Weinstein na época. Lena Headey

O segundo assédio ocorreu muitos anos depois. “Eu estava em Los Angeles. Achei que ele havia superado aquilo e não tentaria outra vez depois da minha risada. Achei que ele respeitava os meus limites e que queria conversar sobre trabalho”, conta a atriz. “Ele me chamou para tomar café. Nós comemos, conversamos sobre filmes e ele me perguntou sobre a minha vida amorosa. Eu mudei de assunto, para algo menos pessoal. Ele foi ao banheiro e ao sair disse para irmos ao seu quarto que ele queria me mostrar um roteiro. A energia mudou, meu corpo ficou em alerta e o avisei que não queria mais nada além de trabalho e que nada ocorreria. Não sei o que me fez falar daquela forma, apenas que eu estava com um senso intenso de que ele não deveria chegar perto de mim, ele ficou em silêncio depois que falei, furioso. Me senti indefesa. Ele foi me empurrando segurando o meu braço, ficou muito bravo quando não conseguiu abrir a porta do quarto. Saímos do hotel, ele pagou o meu carro e falou no meu ouvido que eu não deveria contar para ninguém, nem o meu agente, nem o meu empresário. Eu entrei no carro e chorei”, conclui a atriz.

Se o assedio sexual acontece com atrizes famosas e renomadas como estas imagine aquelas as quais ainda não conseguiram mostrar seu trabalho. A lista de investidas de Harvey  é grande. Além de vários assédios conta ainda com uma acusação de estupro. Segundo o New York Times, em 1997, Weinstein chegou a um “acordo” com Rose McGowan depois de um episódio que teria acontecido em um quarto de hotel durante o Festival de Sundance.  Veja  a lista completa de atrizes assedias por Harvey Weinstein.

 

comente com Facebook

Você pode gostar

compartilhe