Mulheres fantásticas #1 – Frida Kahlo entre cores e dores


Frida-kahloO que não nos faltam são mulheres notáveis para citar, mas hoje escolhemos para trazer para vocês uma artista a qual merece todo o respeito possível.  Falo claro da artista mexicana Frida Khalo.  Conhecida pela intensidade de seu trabalho e da sua atitude diante da vida. Frida é mulher forte e uma artista visceral como poucas das quais se tem conhecimento. Sua estada no mundo foi recheada de acidentes, e dores os quais lhe acompanharam até o fim de  sua vida.

Frida não foge a discussão sobre as mulheres e seu lugar na sociedade. Na verdade sua vida é uma efervescência sobre a mulher seu lugar  e toda sua amplitude. Nascida em cayocan, méxico no dia 06 de julho 07 e falecida em 13 julho de 1954. Frida era filha de Guilhermo kahlo (judaioc hungaro) e Matilde Gonzalez y Calderón (descendência indígena e espanhola).

Os acidentes e incidentes de Frida Kahlo

 Frida passou vários problemas de saúde durante existência. Aos 6 anos de idade teve poliomelite, que lhe deixou uma lesão no pé direito, pelo qual precisou usar sapatos especiais para correção da altura. Aos 18 anos em 1925. Frida sofreu um acidente de bonde no qual teve várias fraturas, além de ter sido atravessada por uma barra de ferro.

Frida passou meses entre a vida e a morte e foram inúmeras operações para reconstituição de seu corpo. Ainda assim ela nunca voltaria a ter uma vida normal, convivendo com dores contantes e sendo obrigada a usar corpetes ortopédicos até o fim de seus dias. Outro incidente de grande sofrimento em sua vida foi seu casamento com o artista muralista Diego Rivera que lhe trouxe tantas mais dores quanto alegrias. Diego era completamente infiel chegando mesmo traí-la com a própria irmã Cristina. Tudo isto pode ser visto nos filmes: Frida, natureza viva de 1983 – Paul Leduc e  Frida, 2002 de Julie Taymor, onde a pintora é interpretada por Salma Hayek, trailer logo abaixo

Frida foi uma artista visceral que transferiu para as telas todas as suas dores quer elas físicas, amorosas, ou psicológicas e sagrou-se uma das mais fantásticas artistas surrealistas de todos os tempos. Algo que ela discordava, pois pintava sua própria realidade. segue algumas de suas mais celebre frases.

Pensaram que eu era surrealista, mas nunca fui. Nunca pintei sonhos, só pintei a minha própria realidade.

Pinto a mim mesma porque sou sozinha e porque sou o assunto que conheço melhor.

Sinto-me mal, e ficarei pior, mas vou aprendendo a estar sozinha e isso já é uma vantagem e um pequeno triunfo.

Seus quadros apresentam cores fortes e imagens intrigantes, a maioria das vezes representado acontecimentos de sua vida e coisas que afligiam sua mente. As dores de sua fratura, a sua impossibilidade de ter filhos, a tração de seu marido, foram temas recorrentes. Tudo ali em quadros que traziam a tona dores infortúnios e em alguns casos alegrias. Toda essa visceralidade transformou Frida em um monstro das artes e em uma mulher que saiu de um lugar comum para tomar seus diretos e lugar no mundo.  

Frida Kahlo na Politica

Em 1928 Frida filiou-se ao partido comunista, inclusive foi onde conheceu seu marido Diego Rivera, anos depois de 1937 a 1939 ela daria em sua casa asilo politico a Leon Trotski e teria com ele um caso. Esta foi mais um das facetas da Artista. Frida sempre  foi muito ativa em todas os campos que participou. Sempre apoiou seu marido em todas as decisões que este tomou, mesmo sabendo do problemas que poderiam surgir dos mesmos. Sua consciência politica e determinação sempre estiveram a frente de suas decisões.

As cores de Frida kahlo

A forma como ela transpassava as dores de sua vida para tela, mostra sua capacidade de sobreviver a cada uma delas. Frida foi e ainda é  uma das artistas mais comemoradas no mundo das artes. Uma mulher  que amou de forma  tão intensa tudo o que lhe aconteceu que imortalizou suas dores e seus sonhos. Abaixo deixamos alguns de seus quadros mais conhecidos. è importante dizer que Frida Kahlo é muito maior do que colocamos aqui nesta postagem. Porém que ela era perfeita para abrir nossa série Mulheres Fantásticas. E você o que acha de Frida Kahlo, deixe sua opinião. E se gostou desta postagem, compartilhe. Que outras mulheres fantásticas que merecem ser conhecidas? Coloque abaixo nos comentários. Semana que vem voltamos com outra heroína para vocês.  Até mais e um grande abraço! 

 

Para saber mais sobre Frida kahlo

Facebook Comments

Você pode gostar

compartilhe
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta