Mulheres Fatásticas #3 Rosa Parks


Olá leitoras voltamos com a seris Mulheres fantásticas. um pouco atrasados de nossas pretensões, mas voltamos. Assim hoje vamos a nossa 3° mulher Rosa Parks. No dia 1º de dezembro de 2016 fez 61 anos que uma mulher mudou o rumo da lutas pelos direitos civis norte americanos.

No ano de 1955 nos USA Os negros não tinha direitos civis igualitários. Por este motivo tinham  lugares separados no ônibus, porém se uma pessoa branca ficasse sem lugar os negros deveria levantar para lhes dar lugar. Naquele 1º de dezembro  de 55 uma mulher fez toda a diferença. Rosa Parks estava em um daqueles lugares destinado a negros quando lhe foi pedido que se levantasse para dar lugar a um passageiro branco, mas ela estava cansada. Rosa trabalhava como costureira em uma fabrica de roupas e após um dura jornada de trabalho encaminhava-se para casa para encontrar seu marido e filho. Ela estava cansada, mas não apenas de ter trabalhado o dia todo, seu cansaço era pela forma como os negros eram tratados, como as mulheres eram tratadas. Rosa não se levantou e por este motivo foi presa, aquela prisão foi o estopim de manifestações contra o tratamento dado aos negros.

Martin Luther King o qual sempre foi um ativista pelos direitos e igualdade entre negros e branco. o movimento negro cresceu forte. Milhares de negros deixaram de pegar ônibus para ir ao trabalho, caminhando muitas vezes por quilometros. Assim em 13 de novembro de 56 a corte suprema norte americana determinou como ilegal a segregação de negros em ônibus de Montgomery. em 21 de dezembro de 56 Martin Luther King e Glen Smiley, sacerdorte branco ocuparam lugares juntos na 1º fila de um onibus.

Aatitude de Rosa Parks fez toda a diferença e modificou para sempre toda lutapelos direitos dos negros americanos e por este motivo ela é conhecida como mãe dos direitos civis nos Eua. Rosa passou a integrar juntamente com Matin Luther King a frente pelos direitos negros. No ano 1999 Rosa foi condecorada pelo então presidente Bill Clinton, com uma medalha de ouro. Em seu discurso ele disse da importância de seu ato em lembrar aos EUA sobre sua promessa de liberdade e igualdade que se mostrava apenas como ilusão.

Rosa morreu em 24 de outubro de 2005 em seu apartamento de causas naturais e foi enterrada com honras da guarda nacional de Michigan. Por este motivo ela esta aqui engrossando nossas sessão do mulheres fantasticas

Facebook Comments

Você pode gostar

compartilhe
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta